Os brutos (como eu) também amam e porque eu gosto de sertanejo

Ao amigo roqueiro de plantão, pode falar a verdade: você ama odiar o Bon Jovi porque ele só canta baladas. Mas não minta pra mim, você dá aquele sorrisinho de maroto ouvindo In A Darkened Room do Skid Row, aumenta o som do rádio quando toca Patience do Guns n’Roses (inclusive assovia igual ao Axl) e chega a escorrer uma lágrima quando ouve Is This Love do Whitesnake.

Então porque a birra com quem canta sobre o amor? Eu sei que os meninos mais revoltadinhos, e me incluo nessa lista, ouvem Megadeth, Sex Pistols, Garotos Podres, Motorhead e  AC/DC, mas eu queria lembrar também que o Iron Maiden gravou balada, assim como Black Sabbath, Kiss, Metallica e os Ramones. Então abra seu coração heavy/punk e deixa o amor entrar.

Você já reparou na letra de More Than Words do Extreme ou de Can’t Stop Loving You do Van Halen? Fala a verdade, Chrystian & Ralf cantando Ausência ou Bruno & Marrone cantando Um Bom Perdedor são da mesma linhagem. A diferença é a perspectiva preconceituosa que nós, os rockers e donos da verdade, temos sobre o que feito aqui no Brasil.

Todas essas músicas falam de amor, com ótimos, com uma estrutura musical idêntica (baixo, bateria, guitarra/violão, teclado e voz), mas em hipótese alguma um cara que tem a discografia do Megadeth seria visto cantando uma música do Chitãozinho & Xororó, mesmo que gostasse, por medo de parecer ridículo. Para você amigo, tenho um conselho, largue a mão de ser xiita! Sabe por quê? Porque todo mundo já se apaixonou na vida ou levou um belo pé na bunda e tem todo o direito de curtir seus minutos de “mela-cueca/cornidão”, e o que eu estou propondo é que você que é ortodoxo tenha mais opções para ouvir um belo som de acordo com o momento da sua vida, pois música serve pra isso, pra gente usar de trilha sonora.

Sou colecionador de paixões e de pés na bunda e posso falar com propriedade, Bruno & Marrone Acústico e Matogrosso & Mathias Ao Vivo Convida são pepitas máximas para se ouvir bebendo uma bela garrafa da cachaça Moenda Nobre e suspirando/praguejando aquele amor, confie em mim: vale a pena!

Ouça novas possibilidades, outros estilos, obviamente desde que tenha qualidade. Ser xiita não vai te levar a nada, somente às mesmas músicas. Acredite em mim, eu já fui xiita-ortodoxo-grão-mestre nisso, mas aqui estou eu pregando a conciliação de estilos. Seja feliz ouvindo música, mesmo que seja música de corno.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s